escritório

escritório

domingo, 20 de agosto de 2017

GOVERNO QUER ECONOMIZAR R$ 17 BILHÕES COM AUXÍLIO-DOENÇA

O governo prevê economizar R$ 17 bilhões até o fim de 2018 com o cancelamento de auxílios-doença pagos de forma irregular e com a restrição de novas concessões.
Em um ano, economia foi de R$ 3 bilhões.
As cinco doenças mais comuns entre os auxílios irregulares são transtorno de disco da coluna, dor lombar, depressão leve, alterações no nervo ciático e inflamação na pele.
NEY LOPES

Nenhum comentário:

Postar um comentário